fbpx

O que é sororidade na língua portuguesa

A língua portuguesa permeia a forma que nos comunicamos e é por meio dela que nosso vocabulário e escrita é construído. Uma expressão comumente utilizado que adentrou no cotidiano de muitas pessoas é a sororidade. Mas, o que é sororidade?

Apesar de ser um palavra um pouco complicada de se falar o seu entendimento é muito simples. A sororidade é uma concepção idealizadora e voltada ao atitude de apoio irmandade feminina que está intimamente ligado ao feminismo contemporâneo.

Através da sororidade as atitudes são orientadas para que se gere empatia e simpatia por outra mulher acolhida com colaboração diante de situações cotidianas.

O fato de a palavra Sororidade ter alcançado tanta pessoas e estar inserida em nosso vocabulário se deve em boa parte ao fato do mundo digital ao qual estamos imersos. Nesse contexto as ideias são mais facilmente disseminadas.

O que é?

Bom, a palavra em si na sua forma literal vem do latim, expressão “soror”, e tem significância de irmã, trazendo a ideia da irmandade e acolhimento. Essa tradução se recorta e transfere em nossa língua para o sentimento de empatia de uma mulher para com outra mulher.

Saber o que é sororidade em si e a origem histórica de seu termo é um pouco complicado. Um fato interessante é que nas universidades norte-americanas os grupos integrados ou formados por moças eram chamados de sororities.

Com a formação da quarta onda só feminismo que surgiu em 2012, a qual teve grande intensificação de uso das redes sociais, as comunidades virtuais de mulheres foram sendo formadas uma vez que existia grande interação por meios digitais.

Então, nesse aspecto a palavra sororidade acabou se tornando uma forma importante de disseminar a bandeira do feminismo e praticá-lo.

Agora que entendemos um pouco do contexto por trás da palavra, falaremos sobre o que é sororidade dentro da nossa língua.

O que é sororidade na língua portuguesa?

Se fossemos procurar a palavra sororidade em todos os dicionários clássicos que possuímos na língua portuguesa ela não seria encontrada, uma vez que não está presente em todos. Ela é uma correspondência a palavra fraternidade, que é uma palavra que também se derivou do latim e tem o significado de solidariedade entre irmãos.

Mas, existem dicionários que a palavra pode ser encontrada. Por exemplo, o dicionário Priberam dá uma definição do que é sororidade como uma relação de união, apoio e um grau de amizade e carinho que acontece de forma semelhante na relação entre irmãs. Também define como união de mulheres que possuam o mesmo fim, geralmente voltado a questões feministas.

Ainda é possível encontrar o que é sororidade em outro dicionário, nesse caso o dicionário online de português

. Nele a palavra é definida como a relação de irmandade União carinho e amizade que acontece entre mulheres, de forma parecida aquela que acontece entre irmãs. O dicionário ainda define como a união de mulheres que possuem os mesmos ideais e propósitos geralmente de teor feminista o qual possui uma apoio mútuo entre elas.

Sororidade e o feminismo

a sonoridade acaba se confundindo em muitos casos com a história oficial do feminismo uma vez que a palavra está intimamente relacionada à ele.

O feminismo é um movimento que está presente com grande força em nossos dias mas que não vem de agora. Ele defende e promove a liberdade da mulher dentro da nossa sociedade, lutando pela igualdade entre homem e mulher para que os mesmos possam ter direitos iguais, pondo fim assim ao patriarcado como sistema social.

De fato, as oralidade é um dos conceitos que estão mais aplicados nas teorias feministas.

Como usar a palavra sororidade?

Podemos observar que este termo está presente em nosso cotidiano. É muito comum vermos ela em redes sociais blogs mídias em publicidade e até mesmo em conversas comuns e rotineiras entre mulheres. A sororidade pode ser usada tanto para dar exemplos pessoais em situações que a própria mulher está inserida ou sobre outras questões que envolvam o apoio e união do mundo feminino.

bom, a palavra sororidade está bastante presente em nossos diálogos e em nosso meio mas então de onde será que surgiu essa palavra?

Quem inventou essa palavra?

Não se sabe ao certo quem inventou o termo não existe dados de uma inventora deles. Entretanto, ele apareceu pela primeira vez no artigo acadêmico de Lia zanotta Machado no início dos anos 90. Esse termo traduz literalmente e livremente a palavra sorité, que foi muito usada por feministas franceses de gerações passadas.

O sorité surgiu após a revolução Francesa, onde se usou a palavra “fraternité” como lema. Então, pensando em criar um termo voltado para as mulheres que o Sorité passou a representar a luta pelos direitos femininos.

Construção da nossa língua

A sororidade é um exemplo muito interessante dos aspectos e característica de construção de nossa língua. É um termo que surgiu de um questionamento francês e adentrou ao nosso país e a nossa língua. Hoje, dificilmente alguém não tenha ouvido falar sobre ele e automaticamente o liga com as lutas e questões femininas de direito e igualdade. Ela é uma resposta a misoginia, que é um ódio que as mulheres enfrentam somente por ser mulheres em razão de uma estrutura marcada por traços culturais de patriarcado e machismo. Não só ocorre de uma homem para mulher, é possível observar que por se tratar de uma questão estrutural encontramos essa aversão até mesmo em relacionamentos de mulher para mulher, onde elas acabam gerando rivalidade entre si.

A sororidade é um caminho traçado para que exista o antagonismo dessa realidade e que as mulheres possam ser empoderadas, isso é tenham autonomia, poder em situações enfrentadas. Essas situações podem ser simples de nosso cotidiano mas que apresentam uma dimensão política de realocação de poder. Em termos simples, pode-se dizer que a sororidade funciona como um antídoto a misoginia e seus efeitos devastadores.

Por fim, vale destacar também que é possível encontrar variáveis dentro do feminismo. Então, se tratando da sororidade interfaces na relação com o feminismo são surgidas devidos a essas diferença.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp